quarta-feira, 10 de setembro de 2014

BC Papo de Mãe: Carta ao meu filho!

Oi amores!! O tema de hoje foi sugerido pela Chica, mãe de um delicinha de 8 meses!!!
Não é exatamente um tema, acho que tá mais pra desafio.. rs
Tô quebrando a cabeça faz tempo pra pensar numa carta resumida, visto que se fosse falar tudo o que sinto e penso o blogger ia travar! rs

Lucas, meu amor
É com muita emoção que te escrevo estas palavras, relembrar é reviver e nada na nossa vida foi muito fácil até aqui, então perdoa a sua mãe se lágrimas rolarem...
Como eu te desejei meu filho, foram meses e meses sonhando com a sua chegada e você deve ter sentido isso e junto à outros problemas chegou mais cedo, o que nos deixou por 10 dias separados, me deixou com muito medo (sim filho, mães também sentem medo), me senti culpada por não ter a melhor saúde do mundo e não poder te abrigar no meu ventre por todo o tempo necessário mas eu estava lá naquela uti sempre que permitido e assim que você teve alta e veio pra casa tirei todo o atraso, passei seus primeiros meses com você pendurado no meu colo, literalmente. Se colo estraga filho, você é o mais "estragado" do mundo. Não cansava de admirar cada centímetro da sua pele branquinha e tão sensível, de suspirar a cada sorriso involuntário, a cada abridinha de olhos.
Aí você foi crescendo e mais uma vez as coisas não foram fáceis, você estava um pouco atrasadinho no seu desenvolvimento e mais uma vez eu sofri, não pela diferença entre você e os outros bebês, mas por me culpar e por me preocupar com sua saúde. Mas quer saber de uma coisa??? Não trocaria tudo o que vivemos por nada!!! 
Mamãe deixou o trabalho, deixou o mundo lá fora, deixou a mulher de fora pra ser MÃE, sua mãe, a melhor mãe que eu posso ser pra você.
Passamos o dia todo juntos, brincamos, cantamos, dançamos, brigamos (sim, você já tem uma personalidade forte e, do seu jeito, briga e teima), trocamos carinhos, conversamos (mesmo que você ainda não diga nenhuma palavra). Nossos dias são deliciosos. Mesmo sendo cansativo.
Sabe, tem dias que finjo ainda estar dormindo só pra você me acordar, você me aperta, me puxa os cabelos e quando abro os olhos e você abre aquele sorriso lindo meu coração grita de amor. Ou então quando você está no chão brincando e vou me sentar junto e você gruda no meu pescoço parecendo um macaquinho, esses momentos fazem todos os problemas desaparecerem.
Não canso de te dizer o quanto te amo, o quanto você é especial pra mim. Não canso de te amar e te proteger. Não canso de ser só sua.
E sabe o que é o melhor de tudo meu filho? Só estamos no começo dessa jornada, ainda vamos viver muitas coisas juntos, ainda vou ver você descobrir o mundo todo, aprender e ensinar (mais do que já me ensinou nesse tempo juntos). Nosso caminho é longo e vamos estar sempre lado a lado meu amor.
Peço a Deus que te abençoe e proteja, que te dê saúde e me ajude a te indicar os melhores caminhos e te formar um homem bom e de caráter!
Com amor,
Mamãe.

5 comentários:

  1. Uma carta simplesmente linda!!! Quando ele crescer, voltar aqui e ler essas palavras com certeza terá muito amor e orgulho dessa mãe tão dedicada!!!

    bjs!

    ResponderExcluir
  2. Flor.. Adorei o seu blog e já estou seguindo...

    Quando puder me faça uma visitinha, vou adorar.

    http://cinthiathiago.blogspot.com.br/

    Beijoos

    ResponderExcluir
  3. Ou minha querida Amiga q lindo!
    Os olhos lagrimejaram aqui, foi reviver tudo novamente.... Assisti mais uma vez.... A longa curta distância! Rs

    Luquinha da titia do coração, aproveito essa oportunidade para registrar o meu Amor por você!
    Desejei e sempre te desejarem TUDO de melhor desse mundao, você tem uma Mãe espetacular... Você é muito amado por muitas pessoas..... Eu tb te amo! Obedeça sempre a Mamãe e o Papai rs

    ResponderExcluir
  4. Lindo, lindo, lindo...sem mais palavras Pri!!!!
    Amei!!!!

    Bjos e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir